Pocotó pocotó pocotó


Então, um rapaz que cavalga chamado Marcelo Mendes investiu sobre manifestantes anti-tourada numa terrazita honrada e sem tradição de toureio.

Digamos que o rapaz foi uma besta e a polícia, que não fez nada, foi besta ainda maior, bem maior do que o cavalo, que, no meio disto tudo, é o que me mete mais pena. Até lhe ouço os pensamentos: “porque estas pessoas me metem nestas confusões? Eu só queria estar sossegado a pastar e a dar beijos nas cavalas”.

Mas digamos também que isto tudo é bem divertido (uma manifestante até veio da Holanda! da Holanda! só para ver a vergonha que está este país!). Muuuuuuito divertido. Agora anseio por alguém da comunidade lusófona que junte esta trilha sonora ao vídeo da notícia.

Adenda: estas alegações de Marcelo Mendes até podem ser todas verdadeiras, mas digamos que, se um cavalo me tivesse quase acabado de passar a ferro, eu também não seria muito simpático para o cavaleiro, né?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s